Quais são os documentos necessários para alugar um imóvel?

6 minutos para ler

Para quem está procurando um imóvel para alugar, encontrar a casa ou apartamento ideal é um primeiro grande passo. Vencer as etapas burocráticas que envolvem a locação é a etapa seguinte para reservar com tranquilidade o seu novo lar.

E, para garantir a segurança tanto do proprietário quanto do futuro inquilino, há uma série de documentos que costumam ser exigidos para que se feche um negócio interessante para ambos em todos os aspectos.

É sobre isso que vamos tratar neste post. Confira quais são os documentos para alugar imóvel exigidos para que sua locação seja uma operação legal e segura!

Quando o aluguel vale a pena

Antes, para aqueles que ainda têm dúvidas, vamos lembrar quais as vantagens de optar pelo aluguel ao invés da compra. Veja por que você deve considerar a locação de um imóvel:

Entrada e financiamento

Quem opta por adquirir um imóvel e não dispõe de todo o valor solicitado pelo proprietário terá que desembolsar, logo no início do negócio, um montante considerável de entrada. Geralmente, é preciso dispor de 20% a 30% do total da operação.

O restante pode ser pago por meio de financiamento imobiliário que, na verdade, é um empréstimo, pelo qual é preciso pagar juros. Da parcela paga mensalmente, cerca de 30% representa a amortização da dívida, enquanto o restante são juros e taxas.

Por outro lado, na locação, não é necessário desembolsar nenhum valor de entrada além do aluguel combinado. Se você dispõe de reservas financeiras, pode deixá-las investidas em alguma aplicação.

Valor mais em conta

Com todas as despesas que listamos acima (entrada, parcela do financiamento), a compra se constitui em uma operação bem mais pesada financeiramente. Ao comprar uma casa ou apartamento, você imobiliza um capital considerável, que poderia ser utilizado em outras despesas ou simplesmente guardado.

Facilidade de mudança

Caso você descubra que o imóvel escolhido não é tão bom quanto você imaginava, no caso da locação, é consideravelmente mais simples trocar. Basta aguardar o final do contrato ou pagar uma indenização ao proprietário.

No imóvel próprio, há todo um investimento que precisa ser recuperado e nem sempre é fácil revender a casa ou apartamento. Apesar da segurança do mercado imobiliário, pode ocorrer de você esperar um bom tempo até surgir um negócio vantajoso.

Documentação para locação

Agora que você já sabe se o aluguel é a melhor opção para você, vamos falar sobre os documentos que você precisará apresentar na hora de assinar o contrato de locação. Primeiramente, vamos falar dos documentos do locatário (o mesmo que inquilino).

Locatário pessoa física

Quando o imóvel vai ser locado por uma pessoa física, a lista de documento exigidos costuma conter:

  • cópia do documento de identidade;
  • cópia do CPF;
  • comprovante de residência atualizado. Caso o candidato já more de aluguel, podem ser solicitados os recibos de pagamento dos três últimos meses;
  • comprovante de renda. Nesse item, é comum que o proprietário exija do locatário uma renda três vezes superior ao valor do aluguel. A comprovação de renda pode ser feita por meio de contracheque, holerite ou mesmo da declaração de imposto de renda. Profissionais autônomos podem apresentar a Declaração de Comprovante de Rendimentos (DECORE).

É importante lembrar que, caso o inquilino seja casado, será preciso apresentar toda a documentação referente ao seu cônjuge.

Locatário pessoa jurídica

Quando a locação é feita por uma empresa (PJ), a relação de documentos solicitados costuma ser a seguinte:

  • cópia do documento de identidade dos representantes da empresa;
  • cópia do CPF dos representantes da empresa;
  • cartão do CNPJ;
  • cópia do contrato social;
  • balanço patrimonial;
  • balancete atualizado;
  • comprovante de inscrição estadual ou municipal.

Documentos do locador

Já o proprietário do imóvel terá que apresentar os seguintes documentos:

  • cópia do documento de identidade;
  • cópia do CPF;
  • comprovante de propriedade do imóvel.

Se o locador for uma pessoa jurídica, terá que apresentar ainda:

  • cópia do contrato social;
  • cartão do CNPJ;
  • indicação de poderes ao representante legal da empresa.

Garantias locatícias

Um documento essencial para o contrato de aluguel de imóveis é a garantia de locação. Trata-se de uma proteção ao proprietário em caso de inadimplência por parte do inquilino. O dono do imóvel pode definir qual(is) tipo(s) de garantia ele prefere utilizar. Confira quais são as modalidades mais aceitas no mercado.

Fiador

Nesta modalidade, apresenta-se uma terceira pessoa, que fica incumbida de assumir os pagamentos no lugar do inquilino caso este não cumpra com o combinado. Além de uma ficha cadastral da imobiliária, o fiador precisa apresentar os seguintes documentos:

  • cópia do documento de identidade;
  • cópia do CPF;
  • comprovante de residência atualizado;
  • comprovante de renda. Geralmente exige-se que os rendimentos do fiador sejam três vezes maiores que o valor do aluguel;
  • comprovante de propriedade de pelo menos um imóvel quitado.

Seguro fiança

Uma alternativa para quem não possui um fiador, nesta modalidade, o inquilino contrata um seguro tendo o proprietário como beneficiário. Em caso de inadimplência, o prêmio do seguro é usado para indenizar o dono do imóvel.

Caução

O inquilino deposita um valor como caução (garantia) para ser usado caso ele falhe no pagamento do aluguel. Se os pagamentos forem feitos regularmente, o locatário resgata o valor ao final do contrato. O valor do caução, em geral, representa três meses do aluguel, e esse valor é corrigido de acordo com a caderneta de poupança.

Título de capitalização

Nessa modalidade, para garantir o ressarcimento do proprietário, o inquilino adquire um título de capitalização. O valor é combinado entre as partes, sendo o suficiente para restituir o valor da dívida. Se o valor não for utilizado para o ressarcimento do proprietário, o próprio inquilino resgata o montante acumulado no título de capitalização.

Esses são os documentos para alugar um imóvel. Embora essa relação possa variar de acordo com as exigências da imobiliária ou do proprietário, é interessante não deixar para providenciá-los somente depois de acertar o aluguel. Isso pode ocasionar demora para assinar o contrato de locação e acarretar a perda o imóvel.

Agora que você já sabe os documentos que vai precisar, que tal entrar em contato conosco e começar a busca pela sua casa ou apartamento em Viçosa? Será um prazer ajudá-lo a encontrar o imóvel ideal para você!

Você também pode gostar

2 comentários em “Quais são os documentos necessários para alugar um imóvel?

Deixe um comentário