Comprar ou alugar em Viçosa: saiba como escolher a melhor opção

4 minutos para ler

Uma dúvida comum para quem está em busca de morar sozinho ou está em processo de mudança com seus familiares é: devo comprar um imóvel ou optar pelo aluguel? Ambas as situações possuem prós e contras que devem ser avaliados caso a caso.

Isso porque cada uma das situações tem um peso para cada perfil de pessoa. Por isso, é fundamental saber mais sobre o tema e evitar tomar decisões que podem comprometer a saúde financeira e a estabilidade de moradia sua e da sua família a longo prazo.

Continue lendo e saiba o que é melhor: comprar ou alugar em Viçosa? Boa leitura.

Compra do imóvel

Nesse caso, a propriedade da casa ou apartamento é totalmente sua, ou seja, você é o único responsável pelo imóvel a partir de sua compra. Vamos mostrar os prós e contras a seguir dessa opção.

Prós

Você poderá fazer todas as reformas estruturais desejadas, para tornar o ambiente a sua cara. Quer quebrar uma parede para tornar a sala maior? Você pode. Isso não é possível, por exemplo, no aluguel.

Além disso, não terá que se preocupar com solicitações de desocupação do imóvel ou com a não-renovação de contrato, tendo maior segurança e estabilidade para você e seus familiares.

Outro ponto é que, caso a região valorize, ou o mercado imobiliário fortaleça, você poderá vender o imóvel por um valor mais alto do que o adquirido.

Contras

Para quem está pensando em investir o dinheiro, muitas vezes, a compra do imóvel não é a melhor opção. Isso porque quando comparamos a curva de valorização e as taxas de financiamento, o retorno não é tão favorável. Compensa mais, por exemplo, investir o valor em um fundo de investimento.

Aluguel do imóvel

O aluguel é a modalidade na qual você usufrui do imóvel que pertence a uma terceira pessoa, pagando um valor por esse uso, sendo intermediado pela imobiliária (mais seguro) ou diretamente com o proprietário. Vamos mostrar os principais prós e contras a seguir.

Prós

A opção pelo aluguel é bem mais prática, de forma que tomar a decisão por ele pode ser rápida e ágil. É uma boa opção para quem precisa de algo imediato e não tem muito tempo para prospectar diversos locais.

Além disso, em alguns casos, o valor do aluguel pode ser bem menor do que a prestação do financiamento, encaixando melhor no seu bolso.

Outro ponto de benefício é que o custo de manutenção do imóvel é bem menor. Isso porque quando há necessidade de reformas periódicas, principalmente as geradas pelo condomínio, é o proprietário que deverá arcar com os custos.

Contras

Em primeiro lugar, se o seu anseio é não se preocupar com possíveis mudanças ao longo do tempo, o aluguel pode não ser uma boa opção. Isso porque, mesmo sendo algo pouco solicitado, o proprietário pode solicitar a quebra de contrato de aluguel a qualquer momento (nos casos em que ela é feita por tempo indeterminado ou, então, quando há interesse em uso próprio ou de familiares no local).

Além disso, você não poderá fazer uma série de mudanças, como reformas mais pesadas (quebrar paredes, construir, entre outros), já que, oficialmente, a propriedade não te pertence.

Qual das duas opções é a melhor?

A resposta é: ambos. Como você pôde perceber, cada um deles têm suas peculiaridades, vantagens e desvantagens. Mas então, como tomar a decisão por um deles?

Simples! Analise como cada uma das realidades se adéqua à sua realidade, estilo de vida e preferências. Com isso, poderá tomar uma decisão mais embasada de acordo com suas demandas e evitar complicações e dores de cabeça futuras.

Por exemplo, para estudantes que estão de passagem, talvez o aluguel seja a melhor opção. Para aqueles que ficarão permanentemente e querem criar um ambiente com a sua cara, a compra pode ser mais vantajosa.

Agora que você sabe que comprar ou alugar em Viçosa depende do seu perfil, é hora de descobrir quais são os melhores bairros da cidade para morar e escolher o imóvel dos seus sonhos!

Você também pode gostar

Deixe um comentário